Conecte-se a nós

Contate-nos: (19) 3241-8533

Buscando, acolhendo e nutrindo os discípulos e discípulas do Senhor Jesus Cristo

 IPJG - TV  Boletim dominical da IPJG Campinas

 

 


Campinas, 13 de abril de 2014

 

 

Elegendo Diáconos

 

“Portanto, você, meu filho, fortifique-se na graça que há em Cristo Jesus. E as palavras que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie-as a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar outros.”  2 Timóteo 2.1,2

 

                 Por que a Igreja de Cristo precisa de diáconos? Seria possível uma Igreja Cristã existir sem eles?

                Quando lemos as duas cartas que o apóstolo Paulo escreveu a Timóteo bem como a que ele escreveu a Tito e as comparamos com a prática da igreja apostólica, relatada no livro de Atos dos Apóstolos (6.1-7; 11.30; 14.23; 15.2,4,6,22,23; 16.4; 20.17 e 21.18), chegamos à conclusão de que toda Igreja Cristã precisa de diáconos, bem como precisa de presbíteros.

                A necessidade destes líderes na Igreja é tal que encontramos duas listas qualificatórias que orientam os discípulos do Senhor Jesus a escolher os presbíteros e os diáconos de sua Igreja local. A primeira encontra-se em 1 Timóteo 3.1-13 e a segunda em Tito 1.5-9.

                Temos a exortação do apóstolo Pedro, que se autodenomina presbítero, para que seus pares pastoreiem o rebanho de Deus segundo o modelo oferecido pelo Supremo Pastor, a saber, Jesus Cristo (1 Pedro 5.1-4). A Igreja por sua vez é exortada a receber com apreço, submissão e obediência o ministério deles (Hebreus 13.17).

                Quando lemos Atos dos Apóstolos, capítulos 6, 7 e 8, somos instruídos a respeito e desafiados a uma diaconia vibrante e relevante, capaz de manifestar a misericórdia divina no socorro tanto material quanto espiritual das pessoas.

                Pastorear e assistir a igreja de Deus, significa conduzir as pessoas à presença de Deus onde elas encontram pastos verdejantes, águas tranquilas e descanso para as suas almas, Salmo 23. Os oficiais, portanto, são discipuladores, mentores e socorristas de irmãos em Cristo. Este ministério é por demais importante e necessário na comunidade cristã, uma vez que estamos todos inseridos num mundo hostil aos valores de Deus.

                A Igreja, portanto, precisa dos oficiais porque eles são os irmãos que nos ajudam a encontrar o caminho do que é bom, justo e verdadeiro, quando há tanta confusão de interesses e de valores entre os homens. Por conhecerem bem a revelação divina registrada nas páginas das Escrituras, eles ajudam os irmãos a discernir a voz do Senhor em meio ao intenso e confuso ruído que nos cerca.

                A Igreja precisa de presbíteros e diáconos que conheçam bem a graça divina que salva e santifica os pecadores, levando-os ao bom combate contra as forças destrutivas e alienantes dos poderes infernais.

                Os oficiais oram e ensinam seus irmãos a orar em favor de todos os homens, sabendo que há um só Mediador entre Deus e eles. Eles cuidam para que a Igreja cultue seu Deus correta e ordeiramente. Quando os enganadores e apóstatas investem contra o rebanho, os oficiais o defendem com o poder da piedade e da proclamação e do ensino da Palavra. As famílias, as crianças, os adolescentes e jovens e os idosos sabem que podem contar com a prontidão cordial dos oficiais de sua Igreja.

                Alistados no exército de Jesus Cristo, os presbíteros e diáconos são aqueles que não fogem da luta, mas são combatentes seguros e fiéis que correm com perseverança a carreira que o Senhor Jesus lhes propôs, guardando puro e anunciando o tesouro da Igreja que é o Evangelho de Jesus Cristo: “A ele, glória pelos séculos dos séculos. Amém!”

                Hoje elegemos 6 diáconos após o culto vespertino. Ouçamos a escritura que nos diz: “Pois os que desempenharem bem o diaconato alcançam para si mesmos justa preeminência e muita intrepidez na fé em Cristo Jesus” (1 Timóteo 3.1 e 13).

 

                Fernando T. Arantes, pastor.

 

 

Para ler o BOLETIM na íntegra em pdf clique AQUI.

Para ampliar o texto em pdf mantenha a tecla Ctrl pressionada e gire a rodinha do mouse